Cinco questões essenciais para considerar ao adquirir um sistema de automação

Automação residencial já é apontada como uma realidade, e não levá-la em consideração na hora de construir ou reformar pode ser um erro e ainda poderá lhe trazer dores de cabeça futuramente. Pois em pouco tempo seu imóvel novo poderá desvalorizar por não estar adaptado a esta tecnologia.

Para melhor elucidar o que é automação residencial, e para aqueles  que ainda não a conhece, elaborou-se cinco questões a serem consideradas em um projeto de automação personalizado.

Para quem?

O primeiro ponto a se observar é pensar em quem irá utilizar a automação? Idosos? Crianças? Eles irão interagir com a automação? Você gostaria de saber por onde andam e o que fazem?

Ou você mora sozinho? Recebe hóspedes ou parentes? Lembre-se de que a automação pode aumentar muito o conforto e a segurança das pessoas, tanto de crianças ou jovens como para pessoas com idade mais avançada.

Para quê?

Para que você quer instalar um sistema de automação? Ela pode lhe oferecer segurança, conforto, economia, lazer e valorização ao imóvel? Pense em cada uma dessas áreas e defina seu grau de importância, considerando até mesmo,  todos estes pontos juntos.

Se você esta preocupado com segurança, comente com seu integrador para que seu projeto seja direcionado para esta área, incorporando câmeras e sensores de presença. Caso você queira focar-se em economia de energia, seu consumo poderá ser monitorado e controlado, bem como, integrar sistemas que permitam funções automáticas, almejando o seu conforto, ocasionando desta forma, a valorização do imóvel.

Focando no que realmente é mais interessante para você o integrador ou a empresa de automação conseguirá fazer um projeto que melhor atenda suas necessidades.

Quando?

Você precisa se perguntar quando vou querer instalar um sistema de automação? Precisa ser imediato? Posso iniciar instalando parcialmente? Ou posso deixar tudo preparado para quando puder investir.

Mesmo com restrições de verbas, vale a pena ter uma residência preparada para receber automação futuramente, pois já é um diferencial que a valoriza perante as outras residências comuns.

Com quem?

Existem empresas especializadas neste ramo, as quais podem lhe apresentar propostas de instalação de um sistema conforme seus requisitos. Seja implantando um sistema ou em preparação de imóveis para o futuro.

Converse com um arquiteto, pois ele certamente já ouviu falar de empresas especializadas que possam lhe atender. É importante ambos trabalharem juntos, para que as soluções já sejam integradas na arquitetura projetada. É um enorme desperdício de recurso não considerar a automação desde o início do projeto.

Quem pode ajudar?

Se você imagina ser um processo bastante complexo e ainda não tem segurança para fazer suas escolhas, ou acha que automação é um assunto para ser discutido no final da obra, comente com seu arquiteto ou engenheiro ou procure uma empresa que preste este serviço para esclarecer suas dúvidas.

Todas estas questões são de grande importância para que o integrador possa lhe assessorar da melhor maneira. Pois estes detalhes podem fazer toda a diferença no final, lhe proporcionando o alcance dos seus objetivos e necessidades.

Percebeu-se que a automação é inevitável! Portanto, esteja preparado para definir a melhor solução para as suas necessidades presentes e futuras.

A empresa Domatiza Automação está no mercado para atender, assessorar e responder todas essas perguntas. Qualquer dúvida entre em contato pelo site www.domatiza.com.br ou pelo fone 55 3312 6200.

Por Tiago Caye

(Síntese do texto de George Wootton – Diretor técnico da AURESIDE).

Deixe uma resposta